Sweet Spot

Tá aqui um OVA bem… Diferente

(E com diferente, quero dizer chato).

Sei lá, talvez ele fosse interessante na época em que saiu, ou para quem leu o mangá em que ele foi baseado. Só estou postando porque tive o trabalho de traduzir, mesmo.

Acho que o único ponto interessante sobre esse OVA é que apenas a dubladora da Non era uma dubladora profissional que participou de outros animes. O restante eram repórteres e apresentadores da TV Fuji ( o OVA foi uma parceria com a emissora). No encerramento, aparecem cenas filmadas durante a gravação. Acho legal ver essas imagens dos bastidores assim.

Notas:

Pete Dye era um designer de campos de golfe americano.

Jack Nicklaus é um jogador profissional de golfe americano que se aposentou e hoje é dono de uma empresa de design de campos de golfe.

Caddie: é a pessoa que carrega os tacos de golfe.

Assim como existem colégios femininos e masculinos, no Japão também existem universidades divididas dessa forma.

3 comentários

  1. Bom… entre os pontos positivos deste anime, posso apontar a direção de arte e o design,que são muito bons.E a equipe de ” não- dubladores” até que dá conta do recado direitinho!! Percebe- se que que não se trata de uma história única, mas sim, de uma compilação de gags, obviamente oriundas do mangá,escrito e desenhado por Yutsuko Chūsonji e publicado na revista feminina SPA!, publicada pela editora japonesa Fusosha. Sobre o mangá,cumpre salientar que ele popularizou no Japão a expressão “Oyaji Garu”(garu= pronúncia japonesa para “gal”, garota em inglês), que signica, literalmente, “garota velha”ou “garota com alma de velho”, usado para se referir áquelas garotas assalariadas, que trabalham em escritórios, que se dedicam a hobbies que, geralmente são associados a homens de meia- idade, como golfe.
    Em tempo: a editora Fusosha pertence à Fuji TV,que é a produtora do anime.
    E o anime é dirigido por Gisaburo Sugii, que é um dos monstros sagrados do anime,que tem em seu currículo,sucessos como a série Touch, adaptado do mangá homônimo de Mitsuru Adachi; Night On The Galaxy Road, que se vocês ainda não assistiram,eu digo: ASSISTAM! É um daqueles Clássicos Obrigatórios!!! Ele também dirigiu o também clássico Street Fighter II- The Movie e a série Super Doll Licca – Chan, que foram exibidos no Brasil.
    Acho que o único ponto negativo do anime é a temática do golfe, que, convenhamos,não é lá um esporte muito popular, o que talvez vá desagradar aqueles que não são familiarizados ou não têm nenhuma intimidade com o golfe.

    Curtir

    • Uma errata: eu disse que o anime Touch era adaptado do mangá homônimo de Mitsuru Adachi. O nome correto é MINORU Adachi. Peço desculpas pelo erro.

      Curtir

    • Pois é, assistindo esse anime, tive a sensação de que estava perdendo alguma coisa, talvez por não entender de golfe ou por não ter lido o mangá original, ou os dois kkk. Enfim, valeu pelas recomendações e pelos insights sobre a obra! Muito esclarecedores, como sempre.

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s